Seguro de imóveis é uma tendência para 2019

Para muitas famílias, a viagem de férias é um momento de recarregar as baterias antes de pôr em práticas os projetos que traçou para o ano novo. Alguns programam para 2019 os estudos, viagens e até a aquisição de um novo veículo ou da casa própria.  Os especialistas, porém, alertam para a necessidade de programar o investimento em proteção, seja com seguro de vida, de veículos ou de imóveis.

No caso da aquisição de imóveis, muitos brasileiros ainda não se preocupam com a segurança da sua residência. De acordo com estudo realizado pela Comissão de Riscos Patrimoniais Massificados da FenSeg (Federação Nacional de Seguros Gerais), em todo o país, há 68 milhões de domicílios, porém, somente 9,8 milhões possuem seguro residencial.  Essa estimativa corresponde a apenas 14,5% das residências brasileiras.

Segundo o diretor da J Jorge Corretora, José Jorge Dantas, as pessoas ainda não tem o costume de contratar seguro para seus imóveis. “Além do seguro com o automóvel, que é o mais comum, é preciso ter cuidado também com nosso imóvel, que durante o período de férias, por exemplo, fica vazio por muitos dias e uma cobertura de seguro adequada pode evitar que uma família fique desamparada na ocorrência de um sinistro”, comenta o diretor da J Jorge Corretora.

A cobertura principal de um seguro residencial garante, além de assistência 24 horas com eletricista e chaveiro, danos causados por quedas de raios, incêndios, reparos hidráulicos, desmoronamentos, entre outros. A corretora caicoense traz canais gratuitos com informações sobre o assunto:www.jjorgecorretora.com.br ou (84) 3421.4000